Setor energético-mineral participa de mobilização nacional contra o mosquito Aedes Aegypti

Atividades marcam mobilização nacional na última sexta-feira

Publicação: 14/03/2016 | 17:51

Última modificação: 16/05/2016 | 10:32

Crédito: Divulgação

Diante do risco de proliferação do mosquito Aedes Aegypti, servidores e funcionários das empresas do setor energético-mineral vinculadas ao Ministério de Minas e Energia (MME), participaram nesta sexta-feira (11/03) de mais um dia de combate ao mosquito vetor da dengue, chikungunya e zika vírus. A iniciativa realizada em todo país marca a terceira fase das ações empreendidas pelo MME na mobilização nacional contra o mosquito.

Na sexta-feira, antes da cerimônia de abertura de inauguração do projeto de geração de energia com placas solares no lago da usina hidrelétrica de Sobradinho (Bahia), o ministro Eduardo Braga, o presidente da Eletrobras, José da Costa Carvalho Neto, e o presidente da Chesf, José Carlos de Miranda Farias, participaram de ato de conscientização da população para combater o mosquito Aedes aegypti. Durante evento de inauguração, Braga destacou a importância de todo o MME e das estatais estarem comprometidos em combater o mosquito em suas instalações e, também, em alertar a população sobre os riscos causados pelas doenças transmitidas, como a zika, a dengue e a chikungunya.

Foram distribuídos panfletos da campanha nacional #ZikaZero – Um guia para eliminar os criadouros em casa para cerca de 200 pessoas que lotaram o auditório, entre empregados da Chesf, imprensa, autoridades e convidados. A população circunvizinha das instalações da Chesf também vem recebendo informações sobre o combate ao mosquito.

Em Brasília, o Departamento Nacional Produção Mineral (DNPM), recebeu a visita do Secretário-Executivo Adjunto do MME, Edvaldo Risso, e do Secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do MME, Carlos Nogueira, que demonstraram a importância do engajamento do Ministério na prevenção do mosquito. Na sede, foi realizada palestra sobre o tema e inspeção no imóvel, com o engajamento dos servidores.

No mesmo dia, o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino, enfatizou a importância do evento, coordenado em nível nacional pelo Governo Federal com o objetivo de mobilizar toda a administração pública e multiplicar as informações no combate à proliferação do Aedes. Para o diretor-geral, a iniciativa tem o condão de dirimir ou até mesmo exterminar a ação do mosquito, “numa luta a qual todos devem aderir”.

Também arregaçaram as mangas os dirigentes e empregados da Eletrosul que além de ações de conscientização, participaram das vistorias que vêm sendo realizadas nas instalações da empresa com o objetivo de evitar o aparecimento de focos do mosquito. As vistorias estão sendo realizadas desde fevereiro em todas as instalações da Eletrosul, nos estados do RS, SC, PR e MS. Os treinamentos e atividades de divulgação atingiram mais de duas mil pessoas.

Terceira fase de ações no setor energético-mineral

Após engajar empresas públicas e privadas e entidades do setor energético-mineral no combate ao mosquito, com ações em curso desde o dia 28 de janeiro, agora o MME focará esforços em reunir essas empresas e entidades nas ações de limpeza e manutenção dos prédios, garagens dos prédios, com acompanhamento diário.

Ascom/Layse Lacerda

Assessoria de Comunicação Social
Ministério de Minas e Energia
(61) 2032-5620/5588
ascom@mme.gov.br
www.mme.gov.br
www.twitter.com/Minas_Energia
www.facebook.com/minaseenergia