Garantir a continuidade dos trabalhos é prioridade do novo ministro

Moreira Franco fez seu primeiro pronunciamento oficial durante cerimônia de transmissão do cargo de Ministro de Minas e Energia

Publicação: 11/04/2018 | 21:31

Última modificação: 12/04/2018 | 11:59

Em seu primeiro pronunciamento oficial como ministro de Minas e Energia, Moreira Franco disse nesta quarta-feira (11/04) que dará continuidade aos trabalhos já desenvolvidos dentro do Ministério de Minas e Energia (MME).  Moreira assume a Pasta que era comandada por Fernando Coelho Filho.

“O presidente disse que nós deveríamos seguir e continuar com a política exitosa que tem dados resultados surpreendentes. Nós temos uma equipe respeitada, que não vive do elogio. E essa equipe será comandada no espírito da continuidade”, disse o ministro.

Moreira anunciou os integrantes das Secretarias que compõe o MME. Para a Secretaria-Executiva, o novo ministro formalizou a indicação do atual secretário de Petróleo, Gás e Biocombustível (SPG), Márcio Félix, substituindo Paulo Pedrosa.  No comando da SPG fica o diretor Departamento de Política de E&P de Petróleo e Gás Natural, João Vicente Vieira. As Secretarias de Energia Elétrica; Geologia e Mineração; e Planejamento seguem com atuais secretários: Fábio Lopes, Vicente Lôbo e Eduardo Azevedo.

Em menção aos secretários, Moreira disse que tem orgulho de dizer que “os secretários de Fernando Coelho agora são meus. Eu tenho certeza que vamos enfrentar esse desafio juntos. O programa que vem sendo cumprido será perseguido até o limite da vitória” declarou.

O novo ministro defendeu a desestatização da Eletrobras e afirmou que será publicado um Decreto que irá incluir empresa no Programa Nacional de Desestatização (PND). 

“Acreditamos que o Congresso Nacional haverá de entender a necessidade de nós capitalizarmos a Eletrobras, pois a Eletrobras não capitalizada é um atraso, uma manifestação de problemas que se aprofundarão no futuro, de negligência com o brasileiro”, disse.

Ao finalizar, Moreira agradeceu a oportunidade dada em comandar o Ministério.

“Quero concluir as minhas palavras agradecendo a confiança de todos os que me ajudaram a chegar aqui nas últimas funções que cumpri, agradecer a confiança do presidente Michel Temer, agradecer a oportunidade de poder servir ao Brasil. Servir no sentido de lutar para que possamos ter uma sociedade que as pessoas tenham igualdade de oportunidade, que possam saber o que fizerem hoje. Existem regras que garantirão o crescimento deste esforço para dar às suas gerações seguintes”, - encerrou.

 

Assessoria de Comunicação Social
Ministério de Minas e Energia
(61) 2032-5620
ascom@mme.gov.br
www.mme.gov.br
www.twitter.com/Minas_Energia
www.facebook.com/minaseenergia