Outras Notícias

« Voltar

CMSE avalia condições de suprimento de energia no País

CMSE avalia condições de suprimento de energia no País

Armazenamentos em condições melhores do que em 2018

Publicação: 02/10/2019 | 17:58

Última modificação: 02/10/2019 | 18:00

Crédito: Bruno Spada/MME

O Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) avaliou nesta quarta-feira (2), as condições de suprimento de energia elétrica no País e concluiu que, ao final de setembro, os armazenamentos dos reservatórios equivalentes das usinas hidrelétricas do país atingiram valores superiores aos verificados em 2018, com exceção do Sul. No entanto, em função dos cenários de precipitação verificados, com valores abaixo da média histórica, principalmente na região Sul, e das avaliações prospectivas apresentadas pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), foi ressaltada a importância do acompanhamento permanente das condições de atendimento.

Em relação à região Nordeste, que enfrentou condições severas nos últimos anos, foi destacada a boa recuperação do armazenamento de seus reservatórios, chegando a atingir armazenamento equivalente de 58% este ano, melhor situação desde o ano 2012, o que contribui não somente para a geração de energia elétrica, como para os demais usos da água.

Em relação à expansão da capacidade instalada de geração, foi ressaltada a entrada em operação da 16ª unidade geradora da UHE Belo Monte, com 611 MW. Assim, a motorização dessa usina se aproxima do seu fim, restando duas unidades geradoras, com previsão de término ainda em 2019.

Informações Técnicas:

Condições Hidrometeorológicas: no mês de setembro, a precipitação ficou abaixo da média histórica em todas as bacias hidrográficas de interesse do SIN, com exceção do trecho à montante da UHE Três Marias, na bacia do rio São Francisco. Em relação à Energia Natural Afluente – ENA bruta, foram verificados valores abaixo da média histórica em todos os subsistemas. Nos próximos dias, há previsão de chuva fraca para as bacias dos rios Jacuí, Uruguai e Iguaçu, na região Sul do país.

Energia Armazenada: no mês de setembro, foram verificados armazenamentos equivalentes de 31,1%, 41,6%, 43,9% e 48,7% nos subsistemas Sudeste/Centro-Oeste, Sul, Nordeste e Norte, respectivamente, e a previsão para o final do mês de outubro nesses subsistemas é de 23,7%, 38,7%, 37,3% e 31,5%, respectivamente.

Expansão da Geração e Transmissão: a expansão verificada em setembro foi de 885 MW de capacidade instalada de geração de energia elétrica, 1.168 km de linhas de transmissão e 900 MVA de capacidade de transformação. Em 2019, a expansão do sistema, até setembro, totalizou 5.044 MW de capacidade instalada de geração, 8.606 km de linhas de transmissão e 11.072 MVA de capacidade de transformação.

Exportação de Energia de Usinas Termelétricas: a Secretaria de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia – SEE/MME realizou apresentação sobre os resultados da Consulta Pública MME 84/2019, sobre proposta para a exportação de energia de usinas termelétricas. Conforme mencionado, as contribuições foram favoráveis quanto às diretrizes apresentadas usando os conceitos de oferta de preço, da liberdade econômica e do respeito ao papel dos agentes. O MME está consolidando a proposta de Portaria com as contribuições recebidas e em breve publicará o novo regulamento.

O CMSE, na sua competência legal, continuará monitorando, de forma permanente, as condições de abastecimento e o atendimento ao mercado de energia elétrica do País. As definições finais sobre a reunião do CMSE de hoje serão consolidadas em ata devidamente aprovada por todos os participantes do colegiado e divulgada conforme o regimento.

Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico

Assessoria de Comunicação Social
Ministério de Minas e Energia
(61) 2032-5620
ascom@mme.gov.br
www.mme.gov.br
www.twitter.com/Minas_Energia
www.facebook.com/minaseenergia